Blog Fique por dentro de tudo o que acontece na Bioseta.

Gripe H5N8, pode se tornar uma nova pandemia?

Gripe H5N8, pode se tornar uma nova pandemia?

Quase um ano e meio após a expansão do SARS-CoV-2 da cidade de Wuhan, na China, para o mundo, cientistas desse mesmo país alertam para a necessidade de estarem vigilantes frente ao vírus da gripe aviária H5N8, a espécie tipo A do vírus influenza.

Dois especialistas chineses que identificaram o coronavírus alertam para o risco do vírus da gripe H5N8. Em 20 de fevereiro de 2021, a Rússia informou que o vírus havia, pela primeira vez, dado o salto aos humanos. Sete trabalhadores se infectaram em uma gigantesca granja com 900.000 galinhas poedeiras na região de Astracã, no sul do país. Nenhum dos sete teve sintomas.

 

O que é a gripe H5N8?

A gripe H5N8 é classificada como sendo a “gripe aviária”, ou seja, infecção das aves pelo vírus da influenza, cujas cepas são classificadas ou de baixa ou de alta patogenicidade de acordo com a capacidade de provocarem doença leve ou grave nesses animais.

Todas as aves são consideradas suscetíveis à infecção, embora algumas espécies sejam mais resistentes que outras. A doença provoca vários sintomas nas aves, os quais variam de uma forma leve até uma doença altamente contagiosa e extremamente fatal que pode resultar em grandes epidemias. Essa última é conhecida como “gripe aviária de alta patogenicidade” e se caracteriza por início súbito, sintomas graves e morte rápida, com taxa de mortalidade próxima aos 100%.

 

Qual a sua origem?

Pelo menos 46 países da Europa, Ásia e África declararam surtos letais de H5N8 em aves. Os pesquisadores chineses frisam que o vírus dos sete trabalhadores russos pertencia ao subgrupo 2.3.4.4b, com mutações “preocupantes” que parecem aumentar sua afinidade pelas células humanas. Essa mesma variante do vírus provocou o sacrifício de mais de 20 milhões de aves de granja na Coreia do Sul e Japão, conforme George Fu Gao e Weifeng Shi. “É imperativo que não se ignore a propagação mundial e o risco potencial dos vírus da gripe aviária H5N8 para as aves de granja, as aves silvestres e a saúde pública global”, alertam.

 

Pode ocorrer transmissão para humanos?

Segundo Ana Popova, diretora da agência de saúde Rospotrebnadzor na Rússia, embora o vírus “tenha cruzado a barreira das espécies, essa variante não é transmitida entre pessoas, pelo menos por enquanto”. Ao total, 46 países no mundo observaram surtos do vírus H5N8 entre comunidades de aves, incluindo a Espanha, onde foram encontrados três animais infectados, e a China, onde o Ministério da Agricultura relatou um surto em um parque natural de Nagqu, na província do Tibete.

“A detecção desse caso não significa um risco à saúde pública, já que os estudos genéticos baseados na análise das sequências de vírus completo mostram que se trata de um vírus aviário sem afinidade específica pelos seres humanos”.

Conforme alerta a virologista Montoya Frisa, “no momento em que surgirem mutações que causem a transmissibilidade de humano para humano, pode ser uma nova pandemia”.

O pedido de ambas as cientistas é controlar o cuidado da fazenda, não consumir pássaros selvagens e continuar pesquisando esse vírus e seu possível desenvolvimento para cortar pela raiz um possível problema global futuro.

 

Referências:

https://brasil.elpais.com/ciencia/2021-05-22/dois-especialistas-chineses-que-identificaram-o-coronavirus-alertam-do-perigo-do-virus-da-gripe-h5n8.html

https://www.istoedinheiro.com.br/outra-pandemia-cientistas-alertam-sobre-virus-da-gripe-de-animais-em-humanos/

ver todas as postagens

Seu negócio precisa
de um time de especialistas

Conheça nossas soluções