Blog Fique por dentro de tudo o que acontece na Bioseta.

Brasileiros recebem sementes clandestinas da China

Sementes clandestinas da China estão sendo enviadas para brasileiros

Há algumas semanas o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), divulgou orientações sobre casos de sementes que foram enviadas da China para moradores dos Estados Unidos que não fizeram tal pedido. O MAPA alertou os brasileiros que, caso isso acontecesse no país, a primeira atitude a se tomar era a de não abrir os pacotes e procurar a Secretaria de Agricultura do município.

Eis que há alguns dias foram registrados no estado de Santa Catarina o recebimento de pacotes de sementes entregues pelos Correios, provenientes do país chinês. O primeiro registro foi feito na cidade de Jaraguá do Sul por uma pessoa que comprou um objeto de decoração pela internet e ao abrir a encomenda foi surpreendida com outro pacote contendo duas embalagens de sementes clandestinas.

Os pacotes que estão sendo enviados não vem corretamente identificados, alguns descrevem que há dentro da embalagem jóias, sendo que na realidade há sementes, o que acaba dificultando o impedimento da entrada dos pacotes.

Ainda que pareçam inofensivas, as sementes podem estar contaminadas e com isso disseminar pragas e doenças que podem vir a causar graves prejuízos econômicos e danos no que diz respeito a defesa sanitária vegetal. Os principais riscos que a entrada de sementes ilegais traz são os seguintes:

Infestação de plantas daninhas: quando temos a entrada de espécie vegetal sem ocorrência no Brasil, isso pode dificultar o controle ou aumentar o uso de produtos agroquímicos que podem agravar a produtividade agrícola e pecuária e o meio ambiente.

Insetos: a disseminação de insetos pode ocorrer por sementes. Isso faz com que se tenha o aumento no custo de produção e redução da produtividade das lavouras.

Fungos, bactérias e vírus: a não procedência de sementes pode trazer riscos como a entrada de contaminantes como vírus, fungos e bactérias que são vetores de inúmeras doenças e pandemias, o que acaba trazendo problemas em diversas esferas da sociedade.

Conforme a lei brasileira, todo o material oriundo de multiplicação vegetal, considerado semente ou muda deve ter autorização do Mapa para entrada no Brasil. O recebimento de mudas não autorizadas e não adquiridas como os casos chineses, o recomendado é que seja procurada a Secretaria de Agricultura do município, a fim de que a mesma consiga fazer a destinação adequada das sementes.

ver todas as postagens

Seu negócio precisa
de um time de especialistas

Conheça nossas soluções