Blog Fique por dentro de tudo o que acontece na Bioseta.

Riscos da exposição à luz ultravioleta

A luz ultravioleta UV-C está sendo cada vez mais utilizada para auxiliar nas medidas de combate ao Coronavírus, visto que estudos apontam que a radiação emitida pela luz ultravioleta apresenta alto poder de esterilização

Apesar desse tipo de luz apresentar excelentes resultados como forma de medida de prevenção, é muito importante ter atenção a alguns pontos, de forma que, se mal utilizada, pode ser muito prejudicial à saúde. 

É importante também levarmos em consideração o objetivo de uso UV-C, muito comum em cabines para desinfecção de EPIs, por exemplo, o sucesso da desinfecção está diretamente vinculado ao tempo de exposição de objetos, superfícies e do ar, bem como da distância dos objetos à fonte de luz e à presença de zonas de sombra.

Porque, onde a luz não chega, ou se chega ‘fraca’ demais, não há ação contra micro-organismos ou se o tempo de exposição é muito curto, o processo pode não ser eficiente. 

Quais são os riscos da exposição à luz ultravioleta do tipo UV-C?

Ainda que a luz ultravioleta seja excelente para combater à Covid-19, é muito importante que se tenha cautela na hora de utilizá-la, uma vez que a exposição a esse tipo de luz pode causar diferentes tipos de complicações, como, por exemplo:

  • Irritações na pele;
  • Câncer;
  • Queimaduras;
  • Catarata;
  • Danos na córnea;
  • Envelhecimento, entre outros.

Quando bem administrada, a utilização de luz ultravioleta UV-C é capaz de trazer inúmeros resultados positivos, principalmente, quando se está em um momento de pandemia. Entretanto, assim como traz resultados benéficos, também oferece alguns riscos à saúde humana. 

Quer saber mais sobre a ação da luz ultravioleta UV-C? Clique aqui e leia nossos outros artigos relacionados.

ver todas as postagens

Seu negócio precisa
de um time de especialistas

Conheça nossas soluções