Blog Fique por dentro de tudo o que acontece na Bioseta.

Síndrome do Edifício Doente e a Qualidade do Ar Interior

Síndrome do edifício doente e a Qualidade do Ar Interior

A síndrome do edifício doente foi reconhecida pela Organização Mundial da Saúde (OMS) em 1982, após a comprovação de que a morte de 34 pessoas e a constatação de que 182 casos de contágio com a bactéria denominada Legionella pneumophila foram ocasionados pela contaminação do ar interno de um hotel na Filadélfia.

A Síndrome do Edifício Doente está diretamente ligada à Qualidade do Ar Inteior em prédios, edifícios e outras construções. Nas últimas décadas, a concentração de alguns poluentes aumentou em decorrência da construção de edifícios com alta eficiência energética, com a mecânica insuficiente para garantir as trocas, a renovação de ar adequadas e a maior aplicação de materiais de construção sintéticos.

Ambientes fechados são um risco à saúde das pessoas. O ar que circula em um ambiente carrega diversos contaminantes, como vírus, fungos, bactérias, gases e partículas que podem prejudicar a saúde das pessoas. Um exemplo muito recente é a pandemia da COVID-19.

No Brasil, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária é o órgão que estabelece os padrões da qualidade do ar em ambientes climatizados de uso público ou coletivo por meio da RESOLUÇÃO-RE nº 9, 2003.

 

Quais as consequências no que se refere à saúde das pessoas nesses ambientes?

Há diversos fatores biológicos que podem ser perigosos para a saúde dos ocupantes. Bactérias, fungos, protozoários, artrópodes, vírus e excrementos de animais em geral são elementos que podem contaminar o ambiente. Partículas de origem biológica, suspensas no ar do ambiente, são chamadas de biaerossóis.

A inalação dessas partículas pode provocar muitas complicações, e diversos fatores influenciam no nível do distúrbio: as propriedades biológicas e químicas das partículas, a quantidade inalada, o local onde se depositam no sistema respiratório e a sensibilidade do indivíduo. Os fungos mais comuns são: Penicillium, Cladosporium e Aspergillus, e as principais bactérias: Bacillus Staphylococus, Micrococus e Legionella Pneumophila.

Os poluentes podem afetar a saúde das pessoas que vivem na edificação. Os principais efeitos colaterais da poluição do ar interno são: Fadiga, sonolência, falta de disposição, dificuldade de concentração, dores de cabeça, náuseas, desconforto ocular, desconforto olfativo, desconforto térmico e doenças respiratórias.

 

Como é feita a análise da qualidade do ar interior?

Para que se tenha a análise da qualidade do ar interior, é necessária a realização de uma avaliação no ar de ambientes climatizados artificialmente, seja a partir da utilização de ar-condicionado ou de outros sistemas de ventilação.

É possível identificar concentrações dos agentes poluentes que estão afetando o ambiente através de uma análise minuciosa. Com o resultado da análise da qualidade do ar interior, é plausível inserir medidas que tornem o ambiente mais limpo e saudável com a redução dos riscos de transmissão de doenças respiratórias, de pele, oculares, entre outras.

 

Conte com a Bioseta!

A Bioseta é especialista na Qualidade do Ar Interior, contamos com um amplo portfólio de serviços para trazer mais qualidade e segurança para seu ambiente, conheça:

– Confecção e emissão do PMOC com ART;
– Higienização de climatizadores evaporativos;
– Higienização de aparelhos de ar-condicionado (split);
– Sanitização do ar interior dos ambientes;
– Higienização de dutos e coifas em estabelecimentos do ramo alimentício;

 

Conte com quem tem mais de 30 anos de experiência, fale com nossos consultores e saiba como podemos auxiliar na manutenção da qualidade do ar interior dos seus ambientes.
Fale com um dos nossos especialistas: ☎ (51) 3396-6161 | 📲 (51) 9 9907-4155 | 💻comercial@bioseta.com.br.

 

Referências:

https://www.ecycle.com.br/4061-sindrome-do-edificio-doente.html
https://www.bioseta.com.br/qualidade-do-ar-interior-e-coisa-seria/
https://www.bioseta.com.br/importancia-da-qualidade-do-ar-interior/

ver todas as postagens

Seu negócio precisa
de um time de especialistas

Conheça nossas soluções