Blog Fique por dentro de tudo o que acontece na Bioseta.

Tratamento fitossanitário no combate ao Coronavírus

Para que seja possível o transporte de suporte ou embalagem de madeira para exportação, é necessária a realização de tratamento térmico fitossanitário, a fim de garantir que a madeira utilizada para acomodação dos materiais esteja livre da presença de pragas quarentenárias que podem causar grandes prejuízos no país de destino.

O tratamento térmico fitossanitário conhecido pela sigla HT (Heat Treatment) é realizado em toda a madeira e sob uma temperatura de 56°C por, no mínimo, 30 minutos. A elevação da temperatura associada a produtos específicos faz com que se tenha a eliminação de pontos de contaminação na madeira, o que garante segurança aos importadores e exportadores.

Mas afinal, qual a relação do tratamento fitossanitário no controle do Coronavírus?

A sede da Ford, nos Estados Unidos, junto com a Universidade de Ohio, realizou um teste que teve como conclusão final, o resultado positivo do uso do calor para a eliminação da carga viral do Coronavírus nas superfícies e nos materiais dos automóveis da empresa.

Para que fosse possível chegar a este resultado, a empresa instalou um programa específico para o gerenciamento do sistema de climatização que utilizou o próprio motor do veículo. Nesta situação, o nível de aquecimento é mantido pelo tempo necessário até que a cabine alcance a marca de 56 graus.

Após os 15 minutos de ação das altas temperaturas no interior do veículo, tem-se um processo de resfriamento para que se obtenha a conclusão do tratamento. No que tange ao uso de tratamento fitossanitário em veículos automotivos, a Ford defende que a introdução de ar quente no compartimento de passageiros auxilia no alcance de áreas que muitas vezes não são beneficiadas num processo de desinfecção manual, por exemplo, uma vez que o calor consegue penetrar em áreas de difícil acesso e fendas.

O experimento realizado pela Ford demonstra que o Tratamento Térmico Fitossanitário, seguindo a legislação de cada país, pode sim trazer resultados eficazes de 99,9% para quem busca aumentar as medidas de combate ao Coronavírus.

Essa pesquisa, feita pela empresa, traz como conclusão a efetividade que o tratamento fitossanitário pode trazer para outros segmentos, além do comércio exterior, o que faz com que a demanda por esse tipo de serviço venha crescer e assim abrir um amplo leque de aplicações.

Quer saber mais sobre o tratamento fitossanitário de madeira? Clique aqui e converse com a nossa equipe.

ver todas as postagens

Seu negócio precisa
de um time de especialistas

Conheça nossas soluções